quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Adequação Geométrica Para Quem?

Hoje, dia 24/09/2008 a prefeitura municipal de Aracaju inaugura “A Grande Obra” do bairro Coroa do Meio, denominada de Adequação Geométrica da Avenida Mário Jorge, mas agora nós perguntamos: A quem o projeto realmente beneficia?
Todos ficam orgulhosos quando vêem vias recém asfaltadas e bem iluminadas, porém, será que nós realmente precisamos de novas pistas? Será que a Adequação não só beneficia o automóvel e conseqüentemente aqueles que o possuem (ou seja, apenas aproximadamente 25% da população aracajuana)?
Mas de imediato se pensa, “ah, mas foi construída a ciclovia”... Construída? A ciclovia sempre existiu, só que nunca foi olhada como prioridade e nunca se pensou numa possível reforma (como é o caso da ciclovia da Av. Beira Mar, atualmente largada aos ratos e baratas). Vale lembrar que a ciclovia foi “rasgada” pela nova pista de automóveis, fazendo com que o carro se sobreponha acima de todos os modais, inclusive dos pedestres e ciclistas, que não poluem, não ocupam muito espaço e humanizam a cidade. A adequação das avenidas vai roubar um tempo precioso do ciclista que não vai conseguir atravessar um mar de carros que irá circular nesta avenida a todo momento e em alta velocidade.
ciclovia sendo rasgada pela via de rolamento de veículos

A Adequação das avenidas foi feita mas as calçadas do bairro Coroa do Meio continuam do mesmo jeito. Em mais de 50% do casos elas não existem ou estão irregulares, desniveladas e em péssimo estado de conservação. Muitas vezes é preferível caminhar na faixa de rolamento de veículos, mesmo que correndo o risco de atropelamento.
A prefeitura municipal se orgulha quando avenidas são recapeadas, é o chamado desenvolvimento... Mas que desenvolvimento é esse? Da insustentabilidade? Da cidade do automóvel?
Enquanto boa parte das cidades Européias está “desasfaltando” suas ruas, e recolocando paralelepípedos para que os carros andem em baixa velocidade e o pedestre seja priorizado e tenha segurança, em Aracaju mais ruas são asfaltadas, o que significa induzir a velocidade dos automóveis, e conseqüentemente mais insegurança para crianças, idosos e ciclistas de modo geral. Culmina também no fim do uso da rua como área de lazer, espaço de convivência, de circulação de pessoas, para ser somente um espaço de circulação de máquinas sobre quatro rodas. Nossos governantes perecem desconhecer o fato de que o Bairro Coroa do Meio carece muito mais de áreas públicas, de esporte, lazer e culturais, já que se prefere gastar uma dinheirama num projeto como este.
Ressaltamos ainda que para a concretização da proposta de Adequação, os moradores do bairro foram prejudicados, pois os acessos de suas cassas agora estão sujeitos a retornos e contratempos, sem contar nas na derrubada de muitas árvores, algumas delas com mais de 10 anos de vida. Tudo isso em nome, segundo a Prefeitura, de um bem maior: a liberação do espaço para carros circularem.

Acesso dos moradores dificultado.

Amendoeiras, Oitis e Cajueiros, árvores típicas da nossa cultura que costumam gerar sombra, deram adeus à avenida para dar lugar a Palmeiras, planta de caráter estritamente estético, com muito pouca utilidade. Onde estão nossas árvores típicas? Nossa floresta tropical? Nossa cultura? Porque sempre temos que importar árvores que não nos representam?
Será que nós realmente precisamos gastar todo dinheiro público em obras voltada para os automóveis em detrimento de espaços públicos como parques, praças, bosques, centros culturais, áreas de lazer, áreas esportivas, ciclovias, ciclo-faixas e calçadas largas e arborizadas? A cidade deve garantir, além do direito por moradia, saúde, educação, lazer e cultura, o direito de ir e vir, independente de qual seja o meio de transporte!
Infelizmente o automóvel, um bem privado, é o privilegiado do espaço público. O filhinho rico e mimado do sistema. Já o pedestre e a bicicleta, mais uma vez, são os pobres coitados da história, sem os mesmos direitos. Por falta de coragem política e de infra-estrutura é enjeitada e reprimida.

E é por isso estaremos hoje presentes TODOS DE PRETO para a inauguração, que provavelmente será na curva (onde tem uma placa "adequacao geométrica") às 17h. MOBILIZEM O MÁXIMO DE PESSOAS QUE PUDEREM.





Um comentário:

Gledson disse...

Pegando carona no assunto, o Discovery Channel vai exibir um programa chamado "Soluções para o trânsito" no dia 28/09 às 21:00.

E no site do Discovery tem um vídeo mostrando 10 possíveis soluções...

http://www.discoverybrasil.com/experiencia/contenidos/transito/